terça-feira, 17 de julho de 2012

Carpe Diem I



Carpe Diem I

Eu vivo o presente
com o Universo em sintonia.
O dia,
que passa sereno,
traz a noite
que vem ainda mais amena.
E o amanhã se não vier,
hoje terá valido a pena.

Jane Moreira





Parto Poético II






Parto PoéticoII

Enquanto contemplava
o pôr-do-sol, eu não sabia,
minha mente trabalhava,
grávida de amor e poesia.

Enquanto a noite nascia
 e o sol se retirava,
 num parto de alegria ,
dei à luz, esta oitava.

Jane Moreira







Senhor das horas





Senhor das horas,
que passa e deixa sua marca,
marca também meu rosto;

O tempo passa correndo,
feito o vento, varrendo o sentimento
e varrendo a esperança...

Senhor das horas,
que manda na chuva,
que manda no vento,

E que faz a criança
crescer de repente
e marca as etapas da vida da gente,

Que rouba e carrega consigo
o melhor tempo da gente...
como se fosse o inimigo,

Dê-me tempo para sentir
o roçar da brisa, o florescer do jardim...
Tempo, retarda os momentos de partir!
Repete os momentos de chegar...

Jane Moreira





Suave





Suave

Suave é o suspiro
em lânguida prostração...
Suave é o brilho
depois da paixão.
Suave é a voz
que se engana e diz não...
Suave é o encontro dos lábios,
e das mãos ao dividir a emoção...

Suave é o delírio
em contrita oração...
Suave é o estribilho
durante a canção.
Suave somos nós
que fazemos de um não, sim.
Suave é o beijo de brisas
e dos lábios em comunhão.



(Jane Moreira e Gustavo Drummond)






Ilha Poesia (poemeto)

Mote: Ilha Poesia





Ilha Poesia

Sabe onde fica a Ilha Poesia?
Onde brotam lindas flores?
Onde vivem e morrem grandes amores?
É uma ilha de luz onde a lua faz pousada
E o mar beija a areia, sua amada.
Onde as rimas fazem eco, sua canção,
É a praia profícua da imaginação
Que fica na mente do Poeta: A inspiração.

Jane Moreira